“Um movimento digno dos iluminados, que enxergam a frente e abrem caminhos para uma nova direção.” – André Esteves

marina silva

Olá Amigos,

A Comissão Nacional Provisória da Rede Sustentabilidade reuniu-se neste último domingo, 13 outubro, para deliberar sobre assuntos diversos. Foi o primeiro encontro após a decisão de fazermos a coligação democrática com o PSB. Como vocês sabem, existiam duas possibilidades de encaminhamento após a sentença do TSE, que cassou a legalização da Rede: a primeira ficarmos fora das eleições de 2014 e sermos meros expectadores de mais uma eleição polarizada entre PT e PSDB que disputam suas realizações pela ótica do retrovisor, ou seja, olhando para trás; e a segunda aceitar um dos convites feitos para migrarmos para outra legenda e assumir os riscos de uma visão oportunista adequando nossos sonhos e a proposta de um novo modelo de fazer política a projetos políticos limitados ou inexistentes, ou seja, sermos mais do mesmo.

Prevaleceu o imprevisível e numa jogada de mestre Marina Silva dá o cheque-mate, embaralha o jogo, remaneja as pedras e parte para um novo round. A inesperada e surpreendente coligação com o PSB, por si só, muda toda a dinâmica da pré-campanha e desloca a disputa para um terreno de probabilidades menos previsíveis. Vários são os desafios que teremos pela frente para consolidar esta terceira via. Trajetórias e visões visivelmente distintas em vários pontos passam a exigir exercício de convergência de idéias em prol do fortalecimento de objetivos comuns. Podemos vislumbrar para o futuro próximo um novo plano mais rico de possibilidades.

Durante a reunião deste final de semana homologamos e apoiamos a decisão de Marina entendendo-a como um movimento digno dos iluminados, que enxergam a frente e abrem caminhos para uma nova direção. Sabemos da responsabilidade que temos nas mãos para manter viva a chama da transformação que desejamos. Optamos por escutar a militância antes de decidir o novo prazo para solicitar o registro da Rede, por isso vamos trabalhar num cronograma de ações que permita agir de forma consistente e compartilhada. Decidimos também não participar da estrutura formal do comando do PSB, em nenhum nível, para mantermos nossa independência e os princípios norteadores da Rede. Continuamos tecendo a Rede e torcendo por um Brasil mais justo e menos desigual.

Vamos em frente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Spam Protection by WP-SpamFree